28 de fevereiro de 2012

Vai um sorvetinho ai?



Que eu amo um bom café, já deu para perceber...mas com esse calor, nada como um sorvetinho, né?!

Passando pelo Shopping Trindade descobri um sorvete artesanal delicioso no quiosque da Gelateria Max! Vale a pena conferir! O sorvete é super cremoso (sem aquele gosto artificial ou de gordura), com sabores bem variados - vão do chocolate amargo até os de frutas!

Pedi um potinho tamanho 'G' metade limão, metade côco. Estavam fantásticos os dois, o de limão sem amargor algum e o de côco com pedacinhos da fruta! Paguei R$ 8,00 pela delícia! (o pote me pareceu pequeno, mas é muito bem servido)


A sorveteria aceita cartões de crédito/débito e funciona no horário do Shopping: de segunda a sexta, das 09:00h às 21:00h e aos sábados das 09:00h às 19:00h.

Se for de carro, não se preocupe, o Shopping Trindade possui estacionamento próprio.

Onde fica mesmo?
Shopping Trindade, Rua Lauro Linhares, n. 2123, Trindade, Floripa/SC


Gostou? Visite também a loja da Gelateria na Lagoa da Conceição, na Avenida Afonso Delambert Neto, n. 619.


26 de fevereiro de 2012

Melitta Wake






Passando pelo supermercado me deparei com uma novidade: cafés gelados Melitta Wake. Não resisti, logo pensei: hummmm, isso tem que ir para o blog!!!

Comprei duas versões Toffee e Mocca, cada um saiu por R$ 1,99 no supermecado Angeloni. A expectativa era tomar um café gelado cremosinho, com leve gosto de chocolate e de bala toffee.

Bem, o Wake sabor Mocca não correspondeu...o gostinho de café ficou longe demais do que eu esperava....senti mesmo gosto de achocolatado de caixinha. Já o Wake Toffee tinha gostinho de bala toffee de caramelo meeeeesmo, só que também sem grandes presenças do café!

Marcus, meu esposo, também participou da degustação, gostou do sabor Mocca (ele adora nescau, então sem surpresas rsrsrsrs) e achou muito doce a versão Toffee, ambos sem comparação com os cafés gelados de cafeteria.

Conclusão: não dá para considerar que é um café nota dez, mas na preguiça de final de semana quebra um galho (até porque a caloria é baixa - 155 kcal por caixinha).


Fica a dica!

Para mais informações, acesse: www.melittawake.com.br

24 de fevereiro de 2012

Cafeterias dos anos 50 e 60

Esse vídeo vintage, mostra a história das cafeterias dos anos 50 e 60 em Londres. Um charme !!!


 


E aí, gostou? Ficou com vontade de ter vivido naquela época??? rsrs
Escreve para nós.
beijos

23 de fevereiro de 2012

Curso básico de Barista - Empório Sweet Home

Para os amantes de café, mas sem tanta experiência assim, fica a dica: curso de barista.
Oferecido pelo Empório Sweet Home, José Cândido, proprietário, passará a um grupo pequeno pessoas (portanto, corre!!) noções bááááásicas de barista, mas que ajudarão muito a você começar a diferenciar o café bom do ruim.
Legal né?


Então liga lá, pergunta se ainda há vagas e mencione que você soube disso pelo CAFÉ DAS QUATRO.


ORIGEM DO GRÃO AO ESPRESSO PERFEITO
EMPÓRIO SWEET HOME
Rua São Jorge, 160. Centro.
Maiores informações: 3333-0100.
Custo do curso é R$ 130,00 
Dias: 08 e 09 de março, das 17h às 20h.

22 de fevereiro de 2012

Café Jacu Bird produzido no Brasil através dos resíduos do pássaro Jacu, se destaque na França


  

A Indonésia produz o café mais caro do mundo a partir dos grãos digeridos pelo luwak (animal parecido com o nosso gambá), mas o Brasil também tem seu representante exótico nesta área. O jacu, um pássaro abundante nas regiões com Mata Atlântica, se alimenta dos frutos do pé de café. E é a partir de suas fezes que a fazenda capixaba Camocim Organics criou o Jacu Bird Coffee, exportado para vários países do mundo.
E durante o Euro Gusto de 2010, o café Jacu Bird, foi um dos grandes destaques no estande do barista e torrefador francês Hyppolyte Courty, da cafeteria parisiense L’Abre à Café.
Organizado pelo Slow Food em Tours, o Euro Gusto reúne a cada dois anos produtores orgânicos e biodinâmicos em torno de ingredientes, cujos métodos de preparo, cultivo e fabricação artesanais agregam valor aos produtos expostos.
O café Jacu Bird é um exemplo interessante de como transformar em negócio lucrativo o que antes representava um grande prejuízo.
Em 2006, com parte de sua plantação invadida por jacus, pássaros de paladar refinado com apetite para as melhores cerejas de café, o cafeicultor Henrique Sloper de Araújo se inspirou no Kopi Luwak, o café mais caro do mundo, para criar pequenos lotes de um café especial.
O Kopi Luwak é produzido a partir do fruto do café ingerido pela civeta, mamífero comum na Indonésia. A civeta come as cerejas maduras de café, mas descarta os grãos intactos. Eles são recolhidos para serem higienizados e torrados. Sloper usou processo semelhante: recolheu o descarte dos jacus, beneficiou os grãos e experimentou o café. O resultado surpreendeu pela qualidade e o café produzido em “sociedade” com o jacu virou a estrela da fazenda.
Um de seus compradores é o barista Hippolyte Courty, da cafeteria L’Arbre à Café. Assim que soube do café Jacu Bird, ele visitou a fazenda no Espírito Santo para comprar os grãos diretamente do produtor. Para Courty uma das vantagens do Direct Trade é poder negociar exatamente o tipo de produto e a quantidade desejada.
“Negociar diretamente com o cafeicultor me ajuda a ter um entendimento maior sobre café. Estabelecemos uma relação de confiança com produtores na América Latina, Ásia e África. Por conta dessa relação podemos oferecer aos clientes cafés exclusivos, microlotes raros e variedades diferentes”, diz.
Do Brasil, a L’Arbre à Café compra dois tipos de grãos da fazenda Camocim: o Iapar Rouge Brésil e o Jacu Bird. Courty viaja regularmente ao País e espera encontrar outros produtores interessantes em suas viagens.



Fonte: O Estado, por Cíntia Bertolino.
Clica aí: http://www.cafefacil.com.br/blog/cafe-jacu-bird-do-brasil-destaque-na-franca/

E você vai experimentar????

Aqui em Florianópolis você pode tomar uma xícara do Café Jacu Bird na La Padá, que já falamos aqui no blog (clique aqui) ou também na Empório Sweet Home que fica na Rua São Jorge, n. 160, Centro.

21 de fevereiro de 2012

Para relembrar!



Semana passada, pernando pelo centro, passei em frente ao Café Kiwi (comentamos sobre ele em 2008 aqui no blog), que fica no calçadão da Rua Padre Miguelito, ao lado da catedral.

O local continua aconchegante como sempre e o café igualmente gostoso! A diferença é que hoje a cafeteria serve almoço executivo e tem um cardápio de tortas beeeeem mais variado.

A tentação falou mais alto, então entrei na busca de um pedaço da deliciosa torta de pistache com abobrinha que eles oferecem....comi pela primeira vez há quase 4 anos e me lembro como se tivesse degustado ontem!!!


Mas, felizmente não encontrei o quitute, e digo felizmente porque resolvi provar outra doçura: torta de damasco com cobertura de lime!!!


Gente!!! Que coisa esse bolinho!!! Seis camadas de massa intercaladas com doce caseiro de damasco e a cobertura que derreteu na boca....

O lanche saiu por R$ 9,00 (R$ 6,00 a fatia da torta e R$ 3,00 o cafezinho). Há opções bem em conta também: R$ 6,00 o cupcake do dia com um cafezinho!

Para que vai de carro, o Café Kiwi fica pertinho do estacionamento do Teatro Alvaro de Carvalho e tem vagas da zona-azul por ali também.

A casa aceita encomendas para festas, basta entrar em contato com antecedência de uns 2 dias.

Vale a pena dar um pulinho lá!



Café Kiwi
RuaPadre Miguelito, n. 93, Centro - Floripa/SC
Fone: 48 3224-0155
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 08:30h às 19:00h
Aceitam cartões de crédito/débito

20 de fevereiro de 2012

E que venha a segunda-feira!




"Inspiração, e um pouco de café! E isso me basta!"
Marcelli Neris



Bom café e ótima semana queridos leitores!!!

17 de fevereiro de 2012

Costa's Coffee

Bom, em um sábado desses de muuuuito calor aqui em Floripa, aproveitei a companhia da minha irmã para fugir do sol e dar uma passeada no shopping Iguatemi coisa que mulher odeia (shopping).
Mesmo sem fome, tem uma frase que falo sem ao menos eu pensar ''que tal um cafezinho?'' 
E lá fomos nós decidir em qual das cafeterias sentaríamos para o tal cafezinho, que, aliás, nunca fica só no café. 
Escolhemos dessa vez o Costa's Coffee, um quiosque que fica no piso L3 em frente à livraria Saraiva. 
Eu pedi um cappuccino pequeno e em uma tentativa de não extrapolar calorias pedi um docinho de copinho, um dois amores. 
Minha irmã que não tem tanta preocupação assim com calorias pediu um bolo de cenoura que estava bem ao lado do caixa, chamando por ela. rs








Nossos pedidos foram servidos rapidamente e estavam muito bons. O bolo realmente estava bem macio e novinho. Dispensaria o prato de plástico em que foi servido. Não custa servir em prato de louça. 
O Costa's Coffee trabalha com café da marca Segrafredo Zaneti, e tem outras várias de café, além do cappuccino. Tem salgados, tortinhas individuais e doces portugueses. (sorry, não tirei foto da vitrine de doces) 
Os pedidos são feitos diretamente no caixa.

E aí, já tomou um café lá, gostou, não gostou? Escreve para nós. 

beijos e excelente carnaval para todos vcs. Muita folia e muito café para curar a ressaca. rsrs

Horário de atendimento: 
De segunda a sábado, das 10h às 22h. Domingo, das 14h às 20h. Estacionamento do próprio Shopping  

Endereço: 
Avenida Madre Benvenuta, 687 - Santa Mônica - Florianópolis - SC

15 de fevereiro de 2012

13 de fevereiro de 2012

Receita visual

fonte: Pinterest

Quer entender o que é cada café? Acho que o "gráfico" acima ajuda bastante e demonstra que café americano é algo a ser evitado, rs. Com essa figura e uma boa cafeteira dá pra fazer de tudo! Receitinhas facilitadas!

8 de fevereiro de 2012

Com ou sem cafeína?




Já ouvi de um tudo sobre o assunto! Muitas vezes afirmam que a cafeína, por ser estimulante prejudica o sono, é coadjuvante na aquisição de gastrites e por aí vai...

É certo que em excesso tudo se torna prejudicial...até nosso delicioso cafezinho! Mas, e o café descafeinado? Seria mais saudável que o café comum/regular?

Segundo o colunista do Diário Catarinense Beto Barreiros, muito pelo contrário:

"Atualmente as marcas comerciais falam de um processo de descafeinização natural, com a utilização do solvente dióxido de carbono que retira 90% da cafeína. Na minha opinião isto não tem nada de natural. O processo mantém o aroma e o sabor do café, mas as propriedades nutricionais são nulas. Ao perguntar aos meus clientes o porquê de estar pedindo café descafeinado à resposta é sempre a mesma: porque é mais saudável. Doce engano. O mais saudável é café com cafeína. Expresso ou passado, café é tudo de bom."

A reportagem exibida na Revista Super Interessante vai além. Ressalta que a cafeína só não faz bem quando consumida em doses exageradas para quem possuí doenças severas como a osteoporose avençada. E mais, explica que o café controla o mal de Parkinson e combate até o envelhecimento das células, graças a cafeína e aos polifenóis antioxidantes (ácidos clorogênicos) presentes na bebida!

Então, tome seu cafezinho (cafeinado) com moderação e sem culpa!!!!

Gostou do post? Comente! Vamos adorar ler suas impressões!


6 de fevereiro de 2012

Inspiração fashion: café com leite

Fonte: Pinterest

Que tal uma inspiração fashion baseada num bom café com leite? Adorei tanto o casaco, quanto a bolsa e a xícara... 

Café como inspiração para montar look é novidade e eu gostei!

3 de fevereiro de 2012

Café Compasso

Compromissos pela cidade, e uma paradinha para um bebidinha gelada.
Foi assim que parei no Café Compasso, localizado nos altos da Av. Rio Branco, n. 305 (aprox.), aqui em Floripa.


A escolha foi um cappuccino, gelado é claro, chamado Cappuccino Compasso.
Vem num copo grande daqueles de milk shake e o cliente pode escolher entre uma mistura pronta da Segrafredo ou então ser feito com café. Escolhi a segunda opção.



O detalhe da espuma: 


Estava gostoso, apesar de doce (uma overdose pra falar a verdade). Mas que cappuccino não é doce né minha gente. Pelo menos aqui no Brasil il il é assim!


O preço? R$ 8,00.


O local, de maneira geral, é simpático. 
O movimento estava tranquilo àquela hora.


Confesso que não curti muito o estilo. A parede de tijolos à mostra e as grandes janelas pedem por algum mais requintado, não minha opinião.



Arzinho anos 50 né?


Além dos café, servem lanches e almoço ao meio dia.
Foi um bom atendimento. Fiz o pedido no balcão.


Aceitam cartões para pagamento.


Onde fica mesmo?
Av. Rio Branco, n. 305 (aprox.) Próximo a sinaleira, cruzamento com a Rua Padre Roma.
Telefones: 3028-2303 ou 3207-1258.


Google Maps para ajudar!



Exibir mapa ampliado



Já foi a este local?
Comente e fale da sua experiência.


www.facebook.com/cafedasquatro
www.twitter.com/dasquatrocafe



1 de fevereiro de 2012

Rio de Janeiro/RJ: Brownieria


É com imenso prazer que postaremos hoje uma colaboração - deliciosa, diga-se! - de uma querida amiga das blogueiras, que hoje mora longe, mas não esquece da gente nunca: MANU ALVES!

Ela é uma fofa! Além de ter seu próprio blog fashionista/alma gordinha Mendigo Chic , foi conhecer a Brownieria, filial localizada no BarraShopping, e resolveu contar pra gente! Deem uma olhada!

Disse que não comeu brownie. Até parece, tá ali escondidinho um mini.. :D
Destaque para as fotos de instagram! As primeiras do nosso blog! 



Já começo o post dizendo que a única coisa que eu não provei na Brownieria foram os brownies! Mas me comprometo a passar lá logo, só pra degustar e dizer para vocês se valem a pena ou não!
A Brownieria é uma espécie de casa especializada em brownies (dã!)... o cardápio possui até uma informações sobre a criação do brownie, sua história, é bem fofo:


Mas na verdade, a Brownieria não serve apenas brownies, o cardápio é bem vasto: lanchinhos, refeições ligeiras, salgados e sanduíches! Fui acompanhada de minha mãe, em busca de alguma coisinha salgada e rápida que me aquecesse a barriga, pois estava sem almoço.
Pedi um mini empadão de palmito e um Nespresso  -“expresso leggero”-, à prova de erros! Meu café chegou antes de tudo, o que não achei muito legal, pois acaba esfriando um pouquinho... mas ainda assim estava bem gostoso, tomei sem açúcar mesmo. O salgado foi aquecido no microondas, mas estava bem gostoso, e como diria a Ju: “sem economia de recheio”!


Aliás, recomendo que todos experimentem esse Expresso Leggero, da Nespresso, sem açúcar: a experiência sensorial é muito bacana!
Minha mãe queria algo doce, mas não quis se aventurar nos brownies, então foi de Bolo de damasco com baba de moça e o expresso da casa. Provei o expresso dela e não gostei muito, parecia que estava queimado... O bolo era gostoso e a fatia enorme! A combinação de damascos e baba de moça é sensacional, mas a massa do bolo em si já era tão doce que acabou ficando meio enjoativo... fica a sugestão de fazerem uma massa mais neutra! 


Os cafés acompanhavam um mini mini mini pedacinho de brownie com doce de leite, que me deixou com água na boca! 


Também pedimos uma água, e nossa conta ficou em R$ 26,40... médio pra carinho, hein?
Da próxima vez, experimento os brownies, e já deixo vocês com uma prévia do cardápio... de lamber os beiços!


Bjos,
Manu





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...